Estilos de vinculação, orientação para o trabalho e relações profissionais

Autores

  • Marisa Fonseca
  • Isabel Soares
  • Carla Martins

DOI:

https://doi.org/10.17575/rpsicol.v20i1.382

Palavras-chave:

-

Resumo

O presente estudo procura analisar as relações entre os estilos de vinculação e a qualidade das relações profissionais e com o trabalho. A maioria dos participantes do estudo – quinhentos e noventa e oito indivíduos – identifica-se com um estilo de vinculação segura e com uma orientação para o trabalho segura, tendo sido encontrada uma associação significativa entre estas duas variáveis. Verificou-se, ainda, que os indivíduos com um estilo seguro, quer ao nível da vinculação, quer ao nível da orientação para o trabalho , manifestam maior satisfação profissional e melhor adaptação ao trabalho.

DOI: http://dx.doi.org/10.17575/rpsicol.v20i1.382

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

-

Downloads

Como Citar

Fonseca, M., Soares, I., & Martins, C. (2006). Estilos de vinculação, orientação para o trabalho e relações profissionais. PSICOLOGIA, 20(1), 187–208. https://doi.org/10.17575/rpsicol.v20i1.382

Edição

Secção

Número Temático