A Psicologia da Paz

  • Mariana Barbosa
  • Raquel Matos
  • Carla Machado

Resumo

No presente artigo é feito o enquadramento histórico e concetual da Psicologia da Paz (Peace Psychology). Esta área tem como objetivo a aplicação dos conhecimentos e métodos da Psicologia à prevenção dos conflitos e à promoção dos direitos humanos e da paz. O enfoque da Psicologia nestas temáticas emergiu em pleno contexto de Guerra Fria, quando as preocupações com a hipótese de uma guerra nuclear ser desencadeada levaram alguns psicólogos a contribuir para os esforços de prevenção da guerra e de promoção da paz. Desde então, a Psicologia tem oferecido importantes contributos ao nível da investigação e da intervenção neste domínio, sobretudo no contexto norte-americano. Embora também em grande parte dos países europeus esta área se encontre em franca expansão, em Portugal permanece ainda relativamente desconhecida. Este artigo procura colmatar algum desse desconhecimento.

DOI: http://dx.doi.org/10.17575/rpsicol.v27i1.241

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2013-10-24
Como Citar
Barbosa, M., Matos, R., & Machado, C. (2013). A Psicologia da Paz. PSICOLOGIA, 27(1). https://doi.org/10.17575/rpsicol.v27i1.241
Secção
Número Temático

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)