Violência nas relações juvenis de intimidade: Uma revisão da teoria, da investigação e da prática

  • Sónia Caridade
  • Carla Machado
Palavras-chave: -

Resumo

A investigação sobre a violência nas relações de intimidade começou por privilegiar o casamento enquanto principal objeto de estudo, negligenciando-se as relações de namoro e ocasionais e as relações homossexuais. Não obstante este tardio interesse pelo estudo da violência nas relações íntimas juvenis, temos assistido, progressivamente, a uma multiplicação dos estudos nesta área. É neste contexto que surge o projeto “Violência nas relações juvenis de intimidade” cujo principal objetivo era o de reduzir a lacuna existente no conhecimento acerca da extensão e gravidade deste fenómeno. Neste artigo, para além de procedermos a uma descrição geral e alargada do estado atual da investigação e do conhecimento teórico produzido acerca da violência ocorrida nas relações de intimidade juvenil, quer no contexto internacional, quer nacional, apresentamos o referido projeto de investigação, analisando e discutindo os seus resultados e implicações dos mesmos para a prática preventiva.

DOI: http://dx.doi.org/10.17575/rpsicol.v27i1.244

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

-
Publicado
2013-10-24
Como Citar
Caridade, S., & Machado, C. (2013). Violência nas relações juvenis de intimidade: Uma revisão da teoria, da investigação e da prática. PSICOLOGIA, 27(1). https://doi.org/10.17575/rpsicol.v27i1.244
Secção
Número Temático

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)