Intervenção e investigação em idades precoces: O legado de Joaquim Bairrão

  • Ana Isabel Pinto
  • Catarina Grande
  • Isabel Felgueiras
  • Isabel Chaves Almeida
  • Júlia Serpa Pimentel
  • Isabel Novais
Palavras-chave: -

Resumo

O presente artigo descreve projectos de Intervenção Precoce (IP) e de investigação que Joaquim Bairrão dinamizou, desde a década de 1980, aquando da introdução pioneira desta área em Portugal, até ao momento actual. Serão descritos os principais resultados da implementação do primeiro programa de IP no nosso país, o Modelo Portage para Pais, bem como trabalhos de mestrado e de doutoramento subsequentes e que reflectem a evolução conceptual dos modelos de IP a nível internacional. A concretização destes estudos, sob a orientação de J. Bairrão, reflecte o seu papel inovador na implementação de estudos pós-graduados em IP, bem como na ligação entre investigação e trabalho na comunidade, desenvolvido no âmbito do Projecto de IP de Matosinhos. A implementação de práticas inovadoras e baseadas em recomendações internacionais no âmbito de tais estudos e projectos, não só reflectem uma forte convicção que orientou o trabalho científico de J. Bairrão, como constituem um valioso legado no domínio da Psicologia do Desenvolvimento e da Educação da Criança.

DOI: http://dx.doi.org/10.17575/rpsicol.v23i2.325

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

-
Como Citar
Pinto, A., Grande, C., Felgueiras, I., Almeida, I., Pimentel, J., & Novais, I. (1). Intervenção e investigação em idades precoces: O legado de Joaquim Bairrão. PSICOLOGIA, 23(2), 21-42. https://doi.org/10.17575/rpsicol.v23i2.325
Secção
Número Temático