Quem não arrisca não petisca? A psicologia e a investigação dos comportamentos face aos riscos

  • Maria Luísa Lima
  • Graça Vinagre
  • Sílvia Silva Sílvia Silva
Palavras-chave: -

Resumo

Vivemos numa sociedade em que os riscos que corremos estão cada vez mais mediatizados, e este artigo salienta alguns dos caminhos que a psicologia tem seguido para estudar a forma como encaramos estes riscos e como agimos face a eles. Depois de uma introdução geral sobre a percepção de riscos numa perspectiva psicológica, descrevem-se estudos realizados em Portugal sobre riscos que são geralmente banalizados (acidentes domésticos e acidentes de trabalho) e sobre riscos que são alarmantes (incineração).

DOI: http://dx.doi.org/10.17575/rpsicol.v17i2.464

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

-
Como Citar
Lima, M. L., Vinagre, G., & Sílvia Silva, S. S. (1). Quem não arrisca não petisca? A psicologia e a investigação dos comportamentos face aos riscos. PSICOLOGIA, 17(2), 497-505. https://doi.org/10.17575/rpsicol.v17i2.464
Secção
Artigos Breves