Criatividade em contexto organizacional: O impacto de recompensas extrínsecas e do feedback negativo no desempenho criativo

  • Filipa Braia Teixeira Faculdade de Psicologia - Universidade de Lisboa
  • Luí­s Curral Faculdade de Psicologia - Universidade de Lisboa
  • Catarina Gomes

Resumo

A criatividade, em contexto organizacional, tem sido definida enquanto a produção de ideias originais, úteis e apropriadas (Zhou & Su, 2010) e constitui um passo necessário para a inovação (Amabile, 1988). No entanto, existem questões sobre as condições convenientes que estimulam a criatividade que não estão esclarecidas (Mumford, Hester & Robledo, 2012), nomeadamente o impacto de recompensas extrínsecas (Oldham & Baer, 2012) e o impacto do feedback negativo (Zhou, 2008). O presente estudo examina o efeito destes dois fatores anteriores na geração de ideias criativas. Foi realizado um estudo experimental com quatro condições (2x2 inter-individual), com 80 enfermeiros de um hospital central. Esta investigação contribui para obter mais conhecimento sobre as condições apropriadas para que a criatividade e a inovação prosperem nas organizações.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2014-12-10
Como Citar
Teixeira, F., Curral, L., & Gomes, C. (2014). Criatividade em contexto organizacional: O impacto de recompensas extrínsecas e do feedback negativo no desempenho criativo. PSICOLOGIA, 28(2), 45-62. https://doi.org/10.17575/rpsicol.v28i2.643
Secção
Artigos