A Entrevista Cognitiva Melhorada: Pressupostos teóricos, investigação e aplicação

  • Rui M. Paulo
  • Pedro B. Albuquerque
  • Ray Bull

Resumo

A entrevista de testemunhas é um procedimento fundamental no decurso das investigações policiais e avaliações forenses. No entanto, o conhecimento, formação e treino destes profissionais para entrevistar testemunhas é frequentemente insuficiente, levando ao uso de técnicas de entrevista inadequadas e à obtenção de informação limitada e pouco fidedigna. Neste artigo abordamos a Entrevista Cognitiva Melhorada, atualmente aceite como um dos métodos mais eficazes para obter bons testemunhos. Descrevemos pormenorizadamente esta entrevista, quais os pressupostos teóricos que justificam a sua utilização, incidindo ainda sobre a investigação relevante. Por fim, elaboramos um guia de utilização para esta entrevista baseado nos resultados da investigação e no modelo utilizado pelas forças policiais de Inglaterra e Gales (i.e. “PEACE”). Não existindo nenhum outro protocolo publicado em língua portuguesa para a aplicação da Entrevista Cognitiva Melhorada, consideramos a leitura deste artigo um primeiro passo para todos os profissionais que pretendam utilizar este modelo de entrevista.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2014-12-10
Como Citar
Paulo, R., Albuquerque, P., & Bull, R. (2014). A Entrevista Cognitiva Melhorada: Pressupostos teóricos, investigação e aplicação. PSICOLOGIA, 28(2), 21-30. https://doi.org/10.17575/rpsicol.v28i2.639
Secção
Artigos