Entre marido e mulher, a crise mete a colher: A relação entre pressão económica, conflito e satisfação conjugal

  • Sara I. Ferreira
  • Marta Pedro
  • Rita Francisco

Resumo

Considerando a crise económica que Portugal atravessa, e com base no modelo de stress familiar económico (MSFE), o presente estudo teve como objectivo investigar o papel mediador do stress emocional na relação entre a percepção de pressão económica e o conflito e satisfação conjugais. Procurou-se, ainda, alargar a aplicabilidade do MSFE, testando-o no contexto português, bem como contribuir para um maior conhecimento do modelo através da utilização de uma abordagem de análise baseada no actor-partner interdependence model. Participaram no estudo 208 casais portugueses, casados ou em união de facto, com filhos adolescentes. Os resultados mostraram uma relação indirecta entre a percepção de pressão económica e o conflito e satisfação conjugais, mediada através do stress emocional de cada cônjuge. Os resultados indicaram também a existência uma relação directa entre a percepção de pressão económica e o conflito conjugal de ambos os elementos do casal, bem como entre a percepção de pressão económica e a satisfação conjugal dos homens, divergindo do preconizado pelo MSFE e sugerindo possíveis influências culturais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia Autor

Rita Francisco

Aluna de Mestrado Integrado em Psicologia

Núcleo de Psicologia Clínica Sistémica

Publicado
2015-06-02
Como Citar
I. Ferreira, S., Pedro, M., & Francisco, R. (2015). Entre marido e mulher, a crise mete a colher: A relação entre pressão económica, conflito e satisfação conjugal. PSICOLOGIA, 29(1), 11-22. https://doi.org/10.17575/rpsicol.v29i1.985
Secção
Artigos