Percepção de riscos e culturas de segurança nas organizações

  • Maria Luísa Lima
Palavras-chave: -

Resumo

A segurança nas organizações tem construído recentemente um campo de pesquisa para a qual as ciências comportamentais têm vindo a ser chamadas. Neste artigo, pretende-se (1) salientar a importância dos factores sociais na génese dos acidentes de trabalho (na identificação de uma situação como perigosa, na avaliação da probabilidade de ocorrência de um acidente e na decisão pelo curso de acção seguro) para mostrar que o chamado erro humano nunca é o erro de um indivíduo isolado, mas o resultado de uma série de processos sociais que culminam num acidente e (2) mostrar como a forma como é vista a prevenção dos acidentes ao nível das organizações está dependente de uma visão mais geral da empresa, englobando-se a chamada cultura organizacional de segurança na cultura mais geral da empresa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

-
Como Citar
Lima, M. L. (1). Percepção de riscos e culturas de segurança nas organizações. PSICOLOGIA, 12(2), 379-386. https://doi.org/10.17575/rpsicol.v12i2.584
Secção
Artigos