Relação parental na situação de divórcio/ separação conjugal

  • Helena Afonso
  • Manuela Calheiros
Palavras-chave: -

Resumo

O processo de separação conjugal/divórcio está usualmente associado a perturbações a nível do bem-estar físico e psicológico dos membros da família. A qualidade da relação entre os ex-cônjuges depois da separação tem sido considerada como um aspecto importante na adaptação dos membros desta família. O objectivo do presente estudo é descrever o tipo de relação existente entre os pais separados/divorciados e avaliar como certos aspectos da experiência de separação influenciam o padrão da relação parental. Apresentam-se também algumas propostas de intervenções educacionais, terapêuticas e legais que posam contribuir para o bem-estar destas famílias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

-
Como Citar
Afonso, H., & Calheiros, M. (1). Relação parental na situação de divórcio/ separação conjugal. PSICOLOGIA, 8(2), 203-210. https://doi.org/10.17575/rpsicol.v8i2.731
Secção
Número Temático