Versão reduzida da escala portuguesa de afeto positivo e negativo - PANAS-VRP: Análise fatorial confirmatória e invariância temporal

  • Iolanda Costa Galinha
  • Cí­cero Roberto Pereira
  • Francisco Esteves

Resumo

Embora a Positive and Negative Affect Schedule (PANAS: Watson, Clark, & Tellegen, 1988) seja uma escala parcimoniosa, vários autores referem a necessidade de desenvolver versões reduzidas da escala. Este estudo desenvolveu uma versão portuguesa reduzida da PANAS portuguesa (adaptada por Galinha & Ribeiro, 2005), analisou a sua estrutura fatorial e testou a invariância temporal, num intervalo de dois meses. Uma amostra de 245 participantes adultos, no ensino superior e em formação profissional, foi recolhida e replicada com dois meses de intervalo. A nova versão reduzida da PANAS portuguesa (PANAS-VRP) foi posteriormente analisada numa segunda amostra de 535 estudantes universitários. Os resultados mostram que embora a estrutura da PANAS-VRP se tenha revelado variável entre as duas amostras do estudo (o que pode ser explicado pelos pressupostos teóricos da escala), apresentou boas características psicométricas em ambas as amostras. A PANAS-VRP revelou ainda invariância temporal num intervalo de dois meses e uma correlação elevada com a versão integral da escala, nas duas amostras, indicando que ambas as versões estão a medir os mesmos constructos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Como Citar
Costa Galinha, I., Pereira, C., & Esteves, F. (1). Versão reduzida da escala portuguesa de afeto positivo e negativo - PANAS-VRP: Análise fatorial confirmatória e invariância temporal. PSICOLOGIA, 28(1), 53-65. https://doi.org/10.17575/rpsicol.v28i1.622
Secção
Artigos