A versão portuguesa do NEO-FFI: Caracterização em função da idade, género e escolaridade

  • Margarida Pedroso de Lima
  • Eunice Gonçalves
  • Ana Salgueira
  • António-José Gonzalez
  • José Joaquim Costa
  • Manuel João Costa
  • Patrí­cio Costa

Resumo

O presente estudo tem como objetivo apresentar dados descritivos e multivariados obtidos com o NEO-FFI, uma versão reduzida do NEO-PI-R, com uma amostra de participantes portugueses. Para tornar possível este objetivo, o inventário de personalidade foi administrado a 1178 sujeitos, 68% do sexo feminino, e com idades compreendidas entre os 18 e os 90 anos (M = 41.8, DP = 22.3). A versão portuguesa do NEO-FFI reflete a universalidade das dimensões básicas da personalidade podendo, por conseguinte, ser usada como uma versão fiável do NEO-PI-R. Estes dados reforçam os resultados obtidos internacionalmente, e serão discutidos no presente artigo à luz da literatura sobre o modelo dos cinco fatores. Os resultados revelam ainda um efeito significativo do sexo e da escolaridade ao nível da personalidade (controlando a variável idade), especificamente, no que diz respeito às dimensões de Abertura à Experiência, Neuroticismo, Conscienciosidade e Amabilidade. No que se refere à Extroversão não foram encontrados efeitos significativos das variáveis individuais referidas. Verificámos ainda que à medida que a idade avança diminuem as pontuações de Extroversão e de Abertura à Experiência.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2014-12-10
Como Citar
Pedroso de Lima, M., Gonçalves, E., Salgueira, A., Gonzalez, A.-J., Costa, J., Costa, M., & Costa, P. (2014). A versão portuguesa do NEO-FFI: Caracterização em função da idade, género e escolaridade. PSICOLOGIA, 28(2), 1-10. https://doi.org/10.17575/rpsicol.v28i2.534
Secção
Artigos