Progresso conceptual na compreensão do medo do crime nas estaçõees ferroviárias

  • David Uzzell
  • Jennifer Brown
Palavras-chave: -

Resumo

As investigações anteriores mostram que existem discordâncias entre as taxas do crime reais e as percepções e as crenças sobre o crime. A probabilidade de ocorrência de incidentes ameaçadores e o seu impacto potencial são o alvo deste estudo que trata da maneira como as características psicológicas e ambientais podem influenciar o medo do crime nos utentes das estações ferroviárias. Partindo da saliência das avaliações individuais dos passageiros acerca da probabilidade e do impacto de serem vítimas do crime (baseadas nas suas experiências e observações), a análise dos dados mostrou que as conceptualizações acerca do impacto e da probabilidade são multifacetadas. Os diferentes tipos de ameaça influenciaram as avaliações, incluindo quer as ameaças psicológicas e físicas resultantes de acções de outrem. As implicações destes resultados para o planeamento e a gestão dos espaços das estações ferroviárias são discutidas.

DOI: http://dx.doi.org/10.17575/rpsicol.v21i2.370

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

-
Como Citar
Uzzell, D., & Brown, J. (1). Progresso conceptual na compreensão do medo do crime nas estaçõees ferroviárias. PSICOLOGIA, 21(2), 119-137. https://doi.org/10.17575/rpsicol.v21i2.370
Secção
Número Temático